Os indicativos de uma boa safra de cana-de-açúcar para este ano podem diminuir os preços do etanol nas bombas dos postos de combustíveis no Paraná já nas próximas semanas de abril. Em entrevista à Banda B, o presidente do Sindicombustíveis, Roberto Fregonesse, afirmou que este ano a safra pode ser a melhor dos últimos cincos anos. “Tivemos uma renovação de canaviais e isso aumenta a produtividade, em conseqüência disso, cresce a quantidade de álcool produzido”, explica.

A expectativa é que esta boa safra comece a ser comercializada neste mês. “No final do mês de abril ou começo de maio, já entramos na nova safra com o álcool novo no mercado e isso faz com que a perspectiva seja boa”, disse Fregonese. Com isso, o preço do etanol pode ser baixado nas próximas semanas. “O setor sucroalcooleiro demonstra esta super safra. Ela que será determinante para a queda nos preços para o consumidor”, aponta o presidente.

No ano passado, a safra, de acordo com o Fregonese, foi de 13 milhões de litros de produção. Para 2013, a expectativa é que a produção seja de 18 bilhões de litros.

Sobre efetivamente quanto o etanol poderá custar com a nova safra, o presidente é cauteloso. “Temos esperança que o álcool custe até 60% do valor da gasolina, depende efetivamente da safra”, calcula. Esta redução pode fazer com que o consumidor migre novamente para o etanol, já que a média do álcool nos postos de combustível, em Curitiba, está em torno de R$ 2 – preço pouco vantajoso em relação à gasolina.

Gasolina

Ainda, o preço da gasolina também pode ser influenciado por causa da medida do Governo Federal que determinou que a mistura de álcool anidro na gasolina passe de 20 a 25%, a partir do dia 1º de maio. “Acredito que tendo um preço bom no álcool anidro que será misturado à gasolina, a tendência é que a gente consiga também baixar alguns centavos na gasolina”, finaliza.