Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

Cerca de cem estudantes se reuniram em frente ao Colégio Estadual Cruzeiro do Sul, no bairro Santa Cândida, em Curitiba, na manhã desta quarta-feira (10) para protestar. Há dois anos, a quadra do colégio foi destruída para a construção de uma cancha coberta, mas a obra está longe de ser concluída. Segundo eles, as aulas de Educação Física estão acontecendo nas ruas ou em praças da região.

O aluno do 2º ano do Ensino Médio, Welligton César, contou que a motivação para o protesto é o abandono que a escola está sofrendo.  “Eles destruíram nossa quadra para construir uma cobertura e durante esse tempo a quadra está parada e nada é feito. Nossa escola está completamente esquecida, as coisas estão quebradas, está passando o tempo e ninguém repõe objetos novos, coisas novas”, contou.

Segundo os estudantes, não há incentivo para a prática de esporte na escola. “Estamos sem quadra decente, estamos sem ir para os Jogos Escolares, o nosso time de futebol masculino foi campeão do Campeonato Bom de Bola, mesmo sem escola pra treinar, imagine se a gente tivesse um lugar pra treinar, poderíamos até ter revelado talentos. Não dão incentivo para nada aqui”, concluiu o estudante.

Os alunos carregavam faixas e cartazes com dizeres: ‘Governador, queremos nossa quadra’; ‘Quadra em construção, dengue em ação’, ‘São tantas promessas que não cabem em um cartaz’. Ainda, chamavam atenção dos moradores e pedestres cantando: “Alunos na rua, Governo a culpa é sua”.

Outro estudante, Pedro Felipe de Souza, disse que o medo impera durante as aulas de Educação Física, que acontecem nas ruas ou praças da região. “Às vezes a gente esquece que está fora da escola, corre pegar uma bola ou coisa assim e dá de cara com um carro. É bem perigoso”, finalizou.

Hoje, a previsão é que as aulas pela manhã não aconteçam. Já no período da tarde, os estudantes entrarão para as salas de aulas normalmente e aguardarão respostas da direção.

Retorno

A Banda B entrou em contato com a Secretaria de Educação do Paraná e foi informada que, embora a quadra tenha sido destruída, não há previsão para o início das obras. Segue nota na íntegra:

“A Secretaria de Estado da Educação informa que o processo para continuidade da reforma da quadra poliesportiva do Colégio Estadual Cruzeiro do Sul, em Curitiba, está em fase de licitação e aguarda indicação de recursos. No entanto, não há previsão para início das obras”.