As secretarias estaduais de Infraestrutura e Logística, Ciência e Tecnologia, e as universidades estaduais de Ponta Grossa, Londrina, Maringá, Unioeste e Unicentro oferecem, em parceria, o curso de especialização em edificações públicas ofertado a engenheiros e arquitetos. A prova para seleção dos candidatos será realizada no dia 24 de fevereiro. Os locais de prova serão divulgados nesta semana no site www.uepg.br/denge/restec/. A aulas começarão em 5 de abril.

Caso haja vagas após a etapa da prova do dia 24, haverá uma segunda chamada para novas inscrições. Para participar do curso, os engenheiros e arquitetos devem estar formados há três anos ou menos.

Para a engenharia da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística Ana Tereza Wandembruck, um novo processo seletivo abre oportunidade também para estudantes que vão se formar só no fim do primeiro semestre. “Se sobrar vagas, alunos das turmas que se formam no meio do ano, como acontece na Federal e na UTFPR, também terão a chance de participar do programa”, disse.

O curso é dividido em aulas práticas e teóricas. Na parte prática, os alunos desempenharão atividades técnicas compatíveis com projetos e obras públicas de edificações nas secretarias e órgãos estaduais, sob a orientação e supervisão de profissionais. As aulas teóricas, na modalidade de educação à distância, serão ministradas por professores das universidades estaduais nas cidades-polo de Cascavel, Curitiba, Londrina, Maringá e Ponta Grossa.

Os residentes terão uma bolsa-auxílio mensal de R$ 1.900,00, que será paga durante os dois anos de duração do programa. No final do curso receberão os certificados de Especialização em Projetos e Obras Públicas de Edificações e outro de Acervo Técnico do Crea-PR.