Há alguns meses quatro estruturas metálicas de estações tubos desativadas, sem os vidros e a cobertura, estão em um terreno na rua Francisco Naldony, no bairro Campina do Siqueira, em Curitiba.

Os moradores não sabem o que será feito com os tubos, alguns já apresentam sinais de ferrugem. A população teme que o local possa ser utilizado por vândalos ou para o consumo de droga.

O terreno onde as estruturas foram deixadas é da URBS (Urbanização de Curitiba). A assessoria de imprensa do órgão informou que essas estações tubos estavam no Passeio Público, e precisaram ser retiradas porque o local está passando por uma adaptação para receber o Ligeirão Norte e os tubos antigos não poderão ser reutilizados. Ainda de acordo com a URBS a cobertura e os vidros foram guardados e as quatro estações devem ser instaladas no Osternak.

Para assistir a matéria no Portal Catve.tv clique aqui.