Poucas horas após anunciar nas redes sociais que sua casa no Espírito Santo havia sido invadida, o boxeador Esquiva Falcão veio a público novamente para negar o assalto. Em comunicado, o atleta disse que se confundiu e desmentiu o que havia publicado entre a noite de quinta e a manhã desta sexta-feira numa série de posts em sua conta no Twitter.

(Foto: EBC)

Esquiva atribuiu a confusão a um vídeo publicado por um vizinho em outra rede social. Ele acabou postando-o duas vezes em sua conta no Twitter, sugerindo uma possível invasão de uma residência. Inicialmente, Esquiva, que está nos Estados Unidos, disse se tratar de sua casa. Horas depois descobriu a confusão e afirmou que o vídeo trazia imagens de uma residência desconhecida.

“Gostaria de tranquilizar a todos. Graças a Deus, está tudo bem. Foi apenas um mal-entendido! Minha casa está segura e, o mais importante, minha família está bem. Mas vale lembrar que a situação está caótica, muitos amigos e familiares estão com medo”, disse o lutador, que tem casa na cidade de Vila Velha, na Grande Vitória (ES).

No Brasil, a esposa do atleta, Suelen Marques, também confirmou a confusão. “Foi um mal-entendido nesse caso, o vizinho acabou se confundindo. Era noite e as casas do bairro são muito parecidas. Como está muito perigoso e havia bandidos fazendo assaltos no bairro, eu fui para a casa da minha mãe com meus filhos, deixei algumas luzes acesas, mas não havia ninguém lá. Nossa casa está preservada. O bairro tem monitoramento 24 horas e estamos em alerta”, afirmou.

Esquiva, que havia reclamado publicamente contra a crise na segurança pública, voltou a comentar a greve dos policiais militares no ES. “Faço novamente um apelo às autoridades pois a população está sofrendo. Que Deus proteja à todos e isso se resolva urgente!”, disse o capixaba, que lutará na próxima semana, no dia 17, contra o costa-riquenho Jaime Barboza, pelos médios, no Texas.