Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha

ACIDENTE DENTRO 1

No local da ocorrência (Foto: Juliano Cunha – Banda B)

O entregador de gás José Aguinaldo Lino, de 38 anos, morreu na hora depois de bater a motocicleta que conduzia contra um ônibus no cruzamento das ruas Professor Fernando Carneiro com a Lourdes Betezek, no Conjunto Vitória Régia, na Cidade Industrial de Curitiba, na noite desta sexta-feira (5).

De acordo com testemunhas, Lino fazia entrega de gás com a motocicleta há muito tempo no bairro e ontem teria avançado a preferencial quando bateu no ônibus da linha Carbomafra. Ele era casado, deixou esposa e duas filhas, além de amigos, como contou à Banda B o pastor João Trindade, da Igreja que a vítima frequentava.

ACIDENTE DENTRO 2

(Foto: Juliano Cunha – Banda B)

“É um homem do bem e que sempre deu exemplo. Infelizmente aconteceu isto. Nós não esperávamos por esta tragédia, a esposa dele está desesperada. Ele mora pertinho daqui. Eu acho que ele estava chegando em casa quando aconteceu o acidente”, afirmou o pastor.

Já Luiz Anes, motorista de ônibus e amigo dos envolvidos, acredita que foi um momento de bobeira do motociclista que provocou a tragédia. “Nós motoristas tentamos sempre fazer o máximo. O motorista do ônibus, que eu conheço, é alguém extremamente responsável. Acredito que foi um minuto de bobeira do motociclista, infelizmente”, opinou.

O caso será investigado pela Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba.