Por Felipe Ribeiro

Foto: SMCS

Foto: SMCS

Após o pagamento das duas últimas empresas aos trabalhadores, motoristas e cobradores de ônibus descartaram a greve que poderia começar na próxima segunda-feira (26). Em entrevista ao radialista Geovane Barreiro, o vice-presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc), Dino César, informou que das duas empresas que restavam realizar o pagamento, uma depositou pela manhã e a outra garantiu que realizou pela tarde.

“Ainda estamos esperando a confirmação dos trabalhadores, mas já definimos a retirada do indicativo. É importante ressaltar que mais uma vez houve atraso e esperamos que a Justiça faça alguma coisa”, disse.

As empresas que tiveram problema no pagamento foram a Viação Redentor, Araucária TC, Viação Tamandaré e Viação Cidade Sorriso. “Os repasses da Urbs estão em dia, mas eles alegam agora que não é suficiente. O trabalhador não pode pagar por má gestão, o risco da atividade empresarial é deles”, concluiu Dino César.

O Sindimoc deve pedir agora que seja cumprida a multa estipulada às empresas por atraso.