Por Felipe Ribeiro

A São José Filial, empresa de ônibus que atende principalmente linhas dos bairros Boqueirão e Hauer, acertou os salários dos trabalhadores nesta quinta-feira (8). Com o depósito, os trabalhadores descartaram a greve da categoria na região, prevista para a próxima segunda-feira (12).

Foto: Maurilio Cheli/SMCS

Foto: Maurilio Cheli/SMCS

De acordo com o presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc), Anderson Teixeira, diante dos constantes atrasos, há uma nova expectativa entre motoristas e cobradores para a segunda parcela do décimo terceiro e também do vale do dia 20 de dezembro, mas ainda é cedo para falar de possíveis atrasos. “Cada diretor do Sindimoc vai levar o que os trabalhadores vem pensando, é uma situação complicada e não vemos uma melhora, a preocupação é constante”, disse.

Pensando já para 2017, Teixeira disse que a entidade espera uma reestruturação do transporte como um todo. “A gente vê com bastante esperança que o transporte de Curitiba volte a ter a qualidade e a tranquilidade que todo mundo espera”, concluiu.

No mês de outubro, foi a cidade de Araucária que enfrentou greve dos trabalhadores. O Sindicato das Empresas (Setransp) questiona números da tarifa técnica e reclama de atrasos por parte do poder municipal.