Da Redação

O empresário Raphael Viana, proprietário do Capivara Vegetarian, anunciou nesta terça-feira (14), na rede social Facebook, que pretende deixar o Brasil. Tudo isso depois de fechar o estabelecimento localizado na Rua São Francisco, no Centro de Curitiba, devido às ameaças que passou a sofrer após ajudar a Polícia Militar (PM) a prender traficantes na semana passada.

capia

(Foto: Divulgação)

Raphael revelou que chegou a receber a oferta de participar do programa de proteção à testemunha, mas rejeitou. “Além de não onerar o Estado, não precisarei passar por um processo maçante, onde estaria toda hora mastigando o ocorrido, sendo que a proteção duraria apenas 2 anos, não considero um prazo suficiente para me sentir seguro. Enfim, prefiro tocar o barco para frente, onde bons ventos me guiarão”, afirmou.

Na postagem, Raphael disse ser um privilegiado por poder se mudar do país. “Mesmo saindo do país com uma mão na frente outra atrás, quase que com a roupa do corpo, me sinto e sou ciente que sou um privilegiado, tendo essa opção de saída. Fico pensando naqueles que precisam viver seus traumas no dia a dia, em constante ameaça, sem ter para onde ir”, disse.

Ainda, o empresário lamentou ter mexido com traficantes tão bem organizados. “Entendi que na rua São Francisco foi incorporada à lógica perversa da economia do crime, que o território usado pelo tráfico promove situação de instabilidade social e desafia o poder público de maneira surreal e descarada”, concluiu.

O caso

Raphael denunciou traficantes em uma operação da PM no início da semana passada. Após isso, o empresário chegou a reabrir o estabelecimento, mas acabou fechando após as ameaças que sofreu.

Notícias Relacionadas: