Do Portal A Rede

(Foto: Reprodução)

Um calouro morreu em uma festa enquanto comemorava sua aprovação no vestibular, nesta terça-feira (31), em Soure, no arquipélago do Marajó, no Pará. Geonne Natalino Azevedo Silva, de 29 anos, estava na celebração acompanhado de amigos quando passou mal e ficou inconsciente. Ele foi levado para um hospital da região, onde a morte foi constatada. O estudante tentava há sete anos entrar em uma instituição de ensino superior.

“Ele recebeu o resultado e no dia mesmo foi comemorar. Ele estava com o pessoal perto de onde fez um cursinho (pré-vestibular), quando passou mal. No hospital, tentaram reanimá-lo, mas não conseguiram”, conta o tio do rapaz, o designer gráfico Luciano Souza, de 44 anos.

Segundo relatos de amigos em redes sociais, o rapaz teria problemas cardíacos e não aguentou a emoção. Para o tio, Geonne, que não consumiu bebidas alcoólicas durante a festa, pode ter sofrido um mal súbito cardíaco.

“O Geonne já havia tentando passar (no vestibular) sete vezes e não tinha sido aceito. Ele conseguiu e não aguentou a emoção”, disse Souza. O estudante foi aprovado no curso de Pedagogia na Universidade do Estado do Pará (Uepa). Em nota, a instituição se manifestou sobre o caso:

“A Universidade do Estado do Pará (Uepa) lamenta profundamente o falecimento de Geonne Natalino Azevedo Silva na tarde desta terça-feira, 31 de janeiro, e se junta aos familiares, amigos e colegas de classe neste momento de dor e sofrimento. Geonne foi aprovado pelo Processo Seletivo (Prosel) no curso de Pedagogia para o Campus Salvaterra, e morreu enquanto comemorava a aprovação no vestibular, vítima de uma parada cardiorrespiratória”, informou a assessoria de comunicação da Uepa.