Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento

O churrasco de domingo de uma família terminou em tragédia no final da tarde de ontem na Represa Barragem 2, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Embriagado, Arlindo Bezerra desafiou familiares e disse que iria atravessar o rio nem que morresse. Ele pulou na água e não conseguiu chegar ao destino final.

O soldado Barbaroto, do Corpo de Bombeiros, destacou à Banda B que a vítima morreu próximo à margem do rio. “A família nos contou que ele estava embriagado e quando estava quase chegando no outro lado da barragem acabou morrendo. Ele chegou a dizer para a família que ou morria ou atravessava o rio”, contou o soldado.

Bezerra morreu em um rio com profundidade de cinco metros. O corpo dele foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).