Por Marina Sequinel

(Foto: Colaboração – Banda B)

Os trabalhadores da Cooperativa Ecocidadão paralisaram as atividades na manhã desta quarta-feira (21) na empresa Cavo, localizada na Cidade Industrial de Curitiba. Eles pedem que a prefeitura da capital paranaense lance um novo edital de credenciamento para renovar o serviço de coleta de recicláveis para 2017.

De acordo com a assessoria da Cavo, os manifestantes também bloquearam os portões do estabelecimento, impedindo a saída dos caminhões que fazem a coleta orgânica de lixo. “Com a mudança de gestão da prefeitura, sem edital lançado, os trabalhadores da cooperativa têm medo de ficar sem emprego. A Cavo lamenta que a situação prejudique também o nosso trabalho, já que os veículos foram impedidos de sair da garagem”, declarou a empresa.

Na última segunda-feira (19), os funcionários denunciaram à Banda B que estavam sem receber o salário de novembro e os vales dos últimos dois meses. Após a publicação da reportagem, a prefeitura de Curitiba repassou o valor para pagar os funcionários.

Hoje, a reportagem entrou novamente em contato com a gestão municipal, que enviou a seguinte nota:

O secretário municipal do Meio Ambiente Renato Lima recebeu um grupo de catadores de resíduos nesta terça-feira à tarde e os informou sobre o andamento da elaboração e publicação extraordinária ainda neste ano de um edital para credenciamento dos catadores. As secretarias municipais de Finanças, Planejamento e Administração e Meio Ambiente e a Procuradoria Geral do Município estão fazendo um esforço conjunto para realizar a publicação nos próximos dias. Ficou agendada uma nova reunião entre Renato Lima e os catadores nesta quarta-feira.

Notícia relacionada