Da Redação

A Arena da Baixada, estádio curitibano que irá receber quatro partidas da Copa do Mundo de 2014, passou por uma vistoria da Federação Internacional de Futebol (Fifa) nesta segunda-feira (19). Entre os membros da comitiva estavam o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o prefeito Gustavo Fruet, o governador Beto Richa, e membros do Comitê Organizador Local (COL), como Ronaldo Fenômeno. Segundo informações divulgadas pelo Atlético pouco antes da visita, as obras chegaram a 75,11% de conclusão, o que passou confiança a comitiva de que o estádio cumprirá o prazo e será entregue até dezembro.

ARENA COPA

Divulgação CAP/SA

No último mês, foi concluída a arquibancada do setor Basílio Itiberê. Além disso, a primeira viga principal da estrutura metálica da cobertura foi finalizada e a outra já está sendo instalada, assim como as vigas secundárias. A área do gramado está no nível necessário, pronto para o início da construção do campo de jogo. O espaço será reconstituído com sistemas de drenagem e irrigação. Por ora, a área abriga os andaimes e guindastes para montagem da cobertura, o que impede o início das intervenções no gramado.

As instalações de toda a parte hidrossanitária dos vestiários e arquibancadas (esgoto, água potável e água de reuso) estão em andamento e também foram iniciados os trabalhos nas partes elétricas, de Tecnologia da Informação e de ar-condicionado.

Os serviços de alvenaria em todos os níveis internos estão em execução, sendo que nos banheiros, lanchonetes, salas técnicas e vestiários o serviço de reboco teve início.

Curitiba receberá quatro partidas da Copa do Mundo da FIFA, todas válidas pela primeira fase. A Arena da Baixada, palco dos jogos, terá capacidade para 41 mil espectadores, com investimento de R$ 234 milhões, sendo R$ 131 milhões via financiamento federal.

Notícia Relacionada:

Venda de ingressos para a Copa do Mundo começa amanhã; saiba os preços