Por Dionísio Filho

O Coritiba está a cinco jogos sem vencer, sendo quatro pelo Brasileirão e um contra o Vitória da Bahia pela Sul-Americana.

Nesses insucessos, se a arbitragem serve como justificativa, o time do Alto da Glória pode usá-la para derrota de 1×0 contra o Corinthians, quando o mediador Péricles Cortez, que pertence ao quadro da Federação Carioca de Futebol, aspirante à FIFA, equivocadamente, assinalou um pênalti sobre o atacante Danilo, do time alvinegro, em um lance normal com o zagueiro Lucas Claro.

 Outro prejuízo causado pela arbitragem ao time coxa-branca foi o segundo gol marcado pelo atacante Fabinho na derrota por 2×1 conta o Criciúma – o jogador da equipe catarinense estava impedido. É preciso, no entanto, informar que, nessa mesma condição (de impedimento), o Coritiba empatou com a Portuguesa, com um gol do atacante Bill.

Ora, independentemente do erro da arbitragem, o Verdão caiu de produção técnica com as ausência do Deivid e, principalmente, do meia Alex. Inclusive, pode ser que este retorne no jogo de hoje às 21h50 contra o Vitória da Bahia pela Sul-Americana – o que representa, de certa forma, um alívio para a torcida coxa. E ainda: o Verdão precisa vencer pela diferença de dois gols para continuar na competição e reconquistar a confiança dos torcedores que andam meio descontentes com as últimas apresentações. É isso.