Do Diário de Maringá

A assessoria de comunicação da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju) confirmou, por volta das 10h30 desta segunda-feira (20), que os agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e os detentos rebelados da Penitenciária Estadual de Maringá (PEM) chegaram a um acordo para o fim do motim, iniciado no fim da tarde de domingo (19).

O acordo prevê a transferência de 20 presos – oito para Londrina, oito para Curitiba e quatro para Foz do Iguaçu (a 416 quilômetros de Maringá). O último passo será a liberação dos reféns – dois agentes penitenciários.

As negociações haviam sido suspensas no fim da noite, e foram retomadas na manhã de hoje. O grupo pedia a transferência imediata para outras unidades penais do Paraná.

Para ler a matéria completa no Diário de Maringá clique aqui.