Da Redação

Foto: Divulgação CAP

Foto: Divulgação CAP

Algumas ruas do Água Verde, em Curitiba, devem ser bloqueadas na tarde desta sexta-feira (9) em razão da visita da presidente Dilma Rousseff à Arena da Baixada, marcada para começar as 16h30. Mesmo com obra incompleta, a presidente participa de uma cerimônia de inauguração no estádio, que irá receber um jogo-teste na próxima quarta-feira. Antes, às 14h30, a presidente participa da cerimônia de contratação da empresa que ficará responsável pela obra do metrô curitibano.

Foto: Divulgação Presidência da República

Visita da presidente ao Itaquerão hoje (Foto: Divulgação Presidência da República)

Em função da visita à Arena, haverá um bloqueio na Avenida Getulio Vargas, entre as ruas Coronel Dulcídio e Buenos Aires. O bloqueio deve durar 15 minutos, no momento da chegada da presidenta à Arena da Baixada, prevista para 16h30. Em caso de acúmulo de veículos na via, a Secretaria Municipal de Trânsito indica que os motoristas acessem a Avenida Silva Jardim e a Rua Brasílio Itiberê.

O governador Beto Richa deve ser a ausência sentida na tarde desta sexta ao estádio, já que cumpre agenda no litoral e declarou que hoje não lutaria mais tanto para que Curitiba recebesse a Copa. O vice Flávio Arns deve ser o representante do governo estadual.

Jogo-teste

Na próxima quarta-feira (14), às 19h30, a Arena receberá o jogo-teste para a Copa do Mundo, entre Atlético e Corinthians. Sócios Furacão não precisarão pagar para entrar no estádio. Haverá ainda venda de ingressos para não sócios, que custarão R$ 150 e R$ 75 a meia entrada.