A presidenta Dilma Rousseff se emocionou na manhã deste domingo (27), no Chile, ao comentar a incêndio que matou pelo menos 245 pessoas e deixou um número ainda não determinado de feridos, na Boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. “Eu queria dizer para a população do nosso país e para a população de Santa Maria o quanto, nesse momento de tristeza, nós estamos juntos e necessariamente iremos superar mantendo a tristeza”, disse.

Dilma adiantou que, da parte do governo federal, há mobilização de recursos para ajudar na identificação dos corpos e no socorro às vítimas. Ainda segundo a presidenta, o Rio Grande do Sul tem uma boa estrutura de saúde, mas o governo deslocará “tudo que for necessário”, inclusive colocará a base da Aeronáutica para dar apoio.

A presidenta que participava da reunião da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos com a União Europeia, no Chile, cancelou a participação em três reuniões com autoridades da Argentina, Letônia e Bolívia por causa da tragédia e seguiu para Santa Maria.

Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ex-primeira-dama, Marisa Letícia, divulgaram nota se solidarizando com as famílias das vítimas da tragédia. “O Brasil inteiro está triste e de luto pelas mortes ocorridas no incêndio em Santa Maria. Nesse momento difícil, expressamos nossa solidariedade aos amigos e familiares das vítimas e à toda a população da cidade, mas em especial aos pais e mães por essas perdas irreparáveis. Nossos sentimentos”.