Da Redação com Rádio Cultura Foz

Uma diarista de 35 anos morreu atropelada na madrugada deste domingo (29) em Foz do Iguaçu, região oeste do estado. O ex-namorado, Pedro de Jesus, de 53 anos, é o principal suspeito pelo crime, já que conhecidos da vítima afirmam que ele era muito ciumento, principalmente após ver ela conversando com outro homem.

O suspeito foi interceptado por uma equipe da Guarda Municipal na mesma rua do atropelamento.

Maria Helena Lopes chegou a ser socorrida pelo Siate e levada para o Hospital Municipal, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Um parente da vítima informou à Rádio Cultura Foz que ela trabalhava como diarista e tinha quatro filhos. A segunda vítima, que conversava com Maria, também ficou ferida, mas passa bem.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Luiz Rogério Sodré, Pedro de Jesus foi autuado por homicídio e embriaguez ao volante.