Por Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento

Foto: Antônio Nascimento - Banda B

Foto: Antônio Nascimento – Banda B

O Dia do Trabalho, comemorado neste 1° de maio, é marcado com uma grande festa na Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico de Curitiba. Milhares de pessoas se reuniram na tarde de hoje para concorrer a prêmios e assistir a shows. A data também foi marcada pela sanção que reajusta o salário minimo regional em 7,34%.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Curitiba (Sindicom) e vice-presidente Força Sindical (promotora do evento), Ariosvaldo Rocha, este é um momento de festividade, mas que também serve e para alertar os trabalhadores dos direitos e pautas ainda não conquistadas. “Estamos aqui para cobrar fim do fato previdenciário, a redução de jornada, mais dinheiro saúde, entre outros. Esta é uma homenagem ao trabalhador, mas também é um momento de reflexão”, disse.

Para o presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e região (Sindimoc), Anderson Teixeira, este é um momento de comemoração para o trabalhador, já que as lutas resultaram em conquistas efetivas à categoria. “Resgatamos o sindicato para o trabalhador. Nos últimos três anos conseguimos ganho real de 30%, então temos muitos motivos para comemorar”, disse.

Foto: Antônio Nascimento - Banda B

Foto: Antônio Nascimento – Banda B

Piso Regional

diatrabalhador2

Foto: Antônio Nascimento – Banda B

Também na festa de hoje, o governador Beto Richa sancionou o novo valor do salário mínimo regional, que terá reajuste de 7,34%. “No Paraná o reajuste é sempre acima da inflação e estamos garantindo aumento real aos nossos trabalhadores, assim fortalecemos nossa economia. Os servidores do estado sabem que são valorizados no nosso governo, tanto que a greve dos professores levou menos de uma semana para acabar, sendo que podemos ver em outros estados longas paralisações”, disse.

Está marcada para o começo da noite um show com a dupla João Neto e Frederico, às 18h30.