O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) está fazendo, esta semana, a recuperação e conservação de pavimento em cinco trechos da PR 082, no Noroeste do Paraná. A extensão de 74 quilômetros, dos trechos, vai de Engenheiro Beltrão a Icaraíma.

“Estas obras estão dentro do plano de conservação de rodovias, da Secretaria de Infraestrutura e do Governo do Estado, que está melhorando as condições de quase 12 mil quilômetros de estradas estaduais. O objetivo é oferecer mais segurança aos motoristas e agilizar o escoamento da produção”, disse o secretário José Richa Filho.

As equipes contratadas pelo DER deverão terminar os serviços nos próximos dez dias, se não houver chuva na região. São necessários três dias secos e de sol para que possam ser feitas, normalmente, as obras.

O trecho de Cianorte e Rio dos Índios, extensão de 17 quilômetros, da PR 082, é um dos pontos onde as equipes estão colocando um revestimento na rodovia, nos locais que estavam com buracos e trincas. Nos 14 quilômetros entre os municípios de Quinta do Sol e Engenheiro Beltrão também estão sendo feitas as mesmas intervenções asfálticas, que vão alinhar a rodovia, oferecendo mais segurança aos usuários e um melhor fluxo.

No entroncamento da PR 482 a Santa Felicidade, em seis quilômetros, estão sendo feitos serviços para controlar possíveis erosões no solo, e o melhoramento da sarjeta, na encosta da rodovia. As equipes do DER estão usando máquinas para executar essas obras, nivelando o estado do pavimento.

Ainda na PR 082, no trecho de oito quilômetros de Rio dos Índios e Indianópolis, está sendo feita a recomposição mecânica da lateral da rodovia, para alinhar o solo e evitar a formação de trincas. Entre Ivaté e Icaraíma, as máquinas trabalham na melhoria do aterro, que visa proporcionar maior estabilidade no trecho, prevenindo futuras erosões.

BENEFÍCIOS – Estes serviços de recuperação e conservação que estão sendo feitos por meio do DER, na PR 082, no Noroeste do Estado, vão beneficiar mais de 130 mil pessoas. Além de melhorar a segurança dos usuários, o tráfego, o escoamento de produtos e a economia local.