Da Redação

O radialista e deputado eleito pelo PSD, Luiz Carlos Martins, fez um alerta em seu programa na Rádio Banda B no último dia 29, alertando de que a tarifa de ônibus em Curitiba e na rede Integrada de Transporte poderia subir dos atuais R$ 2,70 para R$ 3,00 ainda este ano. O reajuste anunciado pela Prefeitura de Curitiba nesta sexta-feira (7) é R$ 2,85, mas a data-base dos motoristas e cobradores no ano que vem pode aumentar o valor.

luiz-tarifaLuiz Carlos Martins na apresentação do seu programa (Foto: Banda B)

Na ocasião, Martins disse que “fontes quentes” teriam dito que o preço da tarifa de subiria. “Eu não viria ao microfone para inventar alguma coisa de forma irresponsável. É preciso que a Prefeitura de Curitiba se manifeste se realmente há esta possibilidade. Com a palavra a Prefeitura”, disse Luiz Carlos Martins.

Pedágio

No dia 29, Martins também falou sobre outra informação que teve acesso. Disse que o Ministério dos Transportes teria entregue uma carta ao governador Beto Richa autorizando que ele negociasse com as concessionárias de pedágio no estado sem precisar passar pelo crivo do governo federal. “Fiquei sabendo que o Ministério dos Transportes, assinou uma carta autorizando o governador Beto Richa a negociar direto com as concessionárias de pedágio, sem passar pelo governo federal. E essa negociação envolveria a duplicação de todo o anel metropolitano e até uma possível redução no preço do pedágio no Paraná. Não se sabe ainda o prazo dessa nova concessão. Com a palavra o governador Beto Richa”, concluiu.