Redação

[jwplayer mediaid=”227669″]

O técnico Caio Júnior enviou, de dentro do avião fretado que levaria a delegação e outras pessoas para Medellín, uma mensagem de áudio por meio do aplicativo WhastApp para o assessor de imprensa Adriano Rattmann. Na mensagem de voz, enviada na noite desta segunda-feira (28), ele diz que estava no avião em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, a caminho da Colômbia e que responderia as mensagens assim que chegasse no destino final.

“Depois eu respondo. Estamos dentro do avião em Santa Cruz de la Sierra, pegando o voo fretado agora para Medelin. Mais umas quatro horas de viagem, tá bom? Quando chegar lá, quando der eu respondo. Uma abraço, guri”, disse o técnico.

O avião que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia caiu na madrugada de hoje (29) nas proximidades de Medellín, pouco antes de checar ao seu destino. O avião que transportava a delegação da Chapecoense contava com um total de 78 pessoas a bordo, entre elas 69 passageiros e nove tripulantes. Entre os passageiros estavam 22 jogadores do time catarinense, além de 22 jornalistas.

O assessor é de Curitiba e não estava com a equipe da Chapecoense no avião. Em sua página no Facebook ele escreveu estar consternado com a tragédia: “Consternado. Difícil acreditar. Buscando informações”, postou às 6 horas da manhã.