O Governo do Paraná do lançou nestaquinta-feira (11) o projeto do Hospital Espírita Dr. Bezerra de Menezes. O centro de medicina de alta complexidade terá 250 leitos, 20 salas cirúrgicas e 60 leitos de UTI e utilizará tecnologia avançada e de alto custo para diversos tipos de tratamentos. O atendimento será gratuito, via Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com o vice-governador Flávio Arns, a iniciativa, que conta com o apoio de empresários ligados à causa espírita, teve o reconhecimento do governo estadual. “É um investimento importante em uma área fundamental, que é a da saúde. Nós consideramos a iniciativa muito importante, principalmente por seu caráter filantrópico”, disse.

O hospital terá como principal característica a realização de cirurgias avançadas e minimamente invasivas, com uso de tecnologias como a robótica. O local contará com um centro de imagens avançadas para a realização de exames complexos como o PET Scan. Está previsto também um centro de radioterapia por prótons, com ênfase para o tratamento de câncer infantil.

“Será uma estrutura moderna, voltada para o atendimento da comunidade de Curitiba e região, mas aberta a todos os paranaenses. Será também um centro de pesquisa, ensino e treinamento de profissionais da saúde, em parceria com as universidades”, explicou o médico responsável pelo projeto, Nelson de Souza.
A expectativa é que o hospital inicie suas atividades em 2015.

Homenagem

A iniciativa recebeu o nome do médico dos pobres, Dr. Bezerra de Menezes, expoente da doutrina espírita. Em sua homenagem, a cerimônia ocorreu no dia 11 de abril, às 11h30, exatamente na data e horário de sua morte, em 1900.
Também participaram da solenidade a vice-prefeita de Curitiba, Mirian Gonçalves, a Secretária de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Maria Tereza Uille Gomes, além de representantes de entidades empresariais e da classe médica.