Redação com Fifa

copa ingressos1

Divulgação Fifa

A primeira fase de venda de ingressos para a Copa do Mundo da FIFA terminou às 7h desta quarta-feira (10) com quase 6,2 milhões de pedidos (6.164.682). As cidades-sede com maior procura foram São Paulo, sede do jogo de abertura no dia 12 de junho de 2014, Rio de Janeiro e Curitiba. Houve um grande interesse também no carnê de seleção específica, com maior procura por parte das já classificadas Argentina e Holanda.

Segundo o diretor de marketing da FIFA e responsável pela área de venda de ingressos, Thierry Weil, mais de 70% das requisições são de brasileiros, cerca de quatro milhões. Em seguida aparecem Estados Unidos (374.065), Argentina (266.937), Alemanha (134.899), Chile (102.288), Inglaterra (96.780), Austrália (88.082), Japão (69.806), Colômbia (55.379) e Canadá (49.968). Ao todo, 203 nações registraram pedidos de entrada.

“Quando você vem de 1,3 milhão de requisições no mesmo período na África e alcança 6,2 milhões agora, é um grande sucesso. Isso demonstra que o interesse é grande, especialmente dos brasileiros”, afirmou Weil. Segundo ele, não é possível ter um comparativo do mesmo nível com os ingressos vendidos na Alemanha porque em 2006 o formato de vendas foi outro. “Para a Copa da Alemanha foram 8 milhões de pedidos na primeira fase, mas num processo diferente. Agora vendemos primeiro os ingressos da Copa das Confederações e depois os da Copa. Na Alemanha, começamos a venda de ingressos para a Copa ao mesmo tempo que para a Copa das Confederações. Foi um grande período, algo como 18 meses”, explicou.

Sorteio

A partir de agora, haverá um sorteio para designar quem terá direito às entradas nas partidas em que houve mais procura do que ingressos disponíveis. Os jogos de maior demanda foram a abertura, em São Paulo, a final no Maracanã e as partidas em que a Seleção Brasileira está envolvida. “As pessoas serão informadas no mais tardar em 4 de novembro sobre o resultado do seu pedido”, afirmou Weil. A segunda fase de vendas vai de 5 a 28 de novembro. Nesta etapa, os ingressos serão comercializados por ordem de chegada.

Na parte inicial do sorteio, os pedidos de ingressos enviados por solicitantes qualificados para acesso prioritário de acordo com a Lei Geral da Copa — ou seja, pessoas idosas, estudantes e beneficiários do Bolsa Família — serão sorteados com vistas aos mais de 300 mil ingressos reservados da categoria 4. Em seguida, serão distribuídos os demais ingressos da categoria 4 e os outros ingressos de todas as outras categorias.

A categoria mais procurada, em média, foi efetivamente a categoria 4. Cada solicitante teve direito a encomendar um máximo de quatro ingressos por jogo em um máximo de sete partidas. Segundo a FIFA, a entidade fará o possível para distribuir os ingressos solicitados no mesmo pedido de forma adjacente (isto é, um ao lado do outro ou em frente ao outro).