Da SMCS

A Prefeitura de Curitiba enviou nesta sexta-feira (1º) à Câmara Municipal mensagem na qual pede a apreciação de projeto de lei para a contratação de um empréstimo de R$ 700 milhões junto Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os recursos correspondem à participação do Município na implantação da fase 1 do o metrô, com obras que estão em processo de licitação.

metro-curitiba

(Foto: Divulgação/ SMCS)

O orçamento total da obra é de R$ 4,6 bilhões. O governo federal irá repassar R$ 1,8 bilhão, com recursos do Orçamento Geral da União. O governo do Estado e a Prefeitura deverão contratar financiamento de R$ 1,4 bilhão, cabendo R$ 700 milhões para cada parte. O restante deverá ser coberto pela iniciativa privada.

Os recursos para o metrô de Curitiba foram anunciados pela presidente Dilma Rousseff em 29 de outubro de 2013. Posteriormente, em 16 de abril de 2014, a portaria 188 tornou pública a seleção de proposta apresentada pelo Município ao Ministério das Cidades, em parceria com o governo do Estado, e inserida no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC da Mobilidade).

No momento, o metrô de Curitiba está em fase de licitação. A entrega dos envelopes e documentação está prevista para o próximo dia 25 e a sessão pública para conhecimento do vencedor deve ocorrer no dia 28.

O metrô terá um percurso de 17,6 quilômetros, entre os bairros CIC Sul e Cabral, com 15 estações.