Redação

Foto: Reprodução Facebook

Foto: Reprodução Facebook

O corpo da menina Tayná Adriane da Silva, de 14 anos, vítima de abuso sexual seguido de morte, será enterrado na tarde deste sábado (29) em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. O corpo foi velado durante a manhã na Capela do Cemitério Jardim da Colina, mesmo local do enterro. Os quatro suspeitos, que são funcionários de um parque de diversões, confessaram o crime e foram presos no final da manhã de ontem.

Segundo informações da polícia, com base no depoimento dos suspeitos, é de que na última terça-feira (25) a menina foi abusada e possivelmente permaneceu amarrada, ainda viva. No dia seguinte, na quarta, os suspeitos foram pela manhã ao local e cometeram o abuso novamente, a matando por estrangulamento e em seguida enterrando o corpo. A adolescente foi encontrada morta por moradores em um matagal, próximo do parque de diversões onde teria ocorrido o crime.

A Banda B chegou a relatar o desaparecimento de Tayná na manhã de quinta, mas a expectativa era de encontrá-la ainda viva.

Notícias Relacionadas:

Entenda como suspeitos cometeram o crime contra Tayná e de que forma eles foram presos