Por Caio Porthus

A primeira rodada do segundo turno será fundamental para o Coritiba e sua disputa contra o rebaixamento. Atual 18º colocado com 17 pontos, o time precisa em média fazer 28 pontos nos 19 jogos finais caso não pretenda ser rebaixado (utilizando uma média de que 45 pontos sejam o suficiente para escapar). 28 pontos significaria uma campanha igual ao 8º colocado Sport, algo que não é impossível, mas demandará muita dedicação por parte do elenco Coxa-Branca. Nesta quarta-feira, às 21h, em jogo válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Verdão recebe no Couto Pereira, a Chapecoense, que se encontra na 15ª posição, com 20 pontos.

Alex, Geraldo e Germano seguem desfalcando o Alviverde paranaense. O meia Alex sofreu uma forte pancada na partida de volta contra o Flamengo pela Copa do Brasil, e preocupa até mesmo seus colegas de equipe. Exames já foram feitos, e não mostraram nada sério, mas mesmo assim, o jogador ainda não aparece entre os relacionados para o jogo contra a Chape. O volante Hélder deve ser a novidade no time, e entrar na vaga de Rosinei.

Coritiba e Chapecoense se enfrentaram apenas duas vezes em toda a história do Campeonato Brasileiro. A primeira partida foi em 1978, quando o Coritiba venceu por 2 a 1 no Couto Pereira. A segunda foi na primeira rodada do Brasileirão de 2014, quando as equipes se encontraram na Arena Condá, e o jogo acabou empatado sem gols.

Irregular, Chape se aproxima da ZR

O time de Santa Catarina não vence há três partidas e não conseguiu embalar em nenhum momento da competição até aqui. Sem vencer duas vezes seguidas, a Chape patina entre as posições médias da tabela e as mais próximas da Zona de Rebaixamento. Atualmente, apenas dois pontos acima do Criciúma, 17º colocado, a equipe pode acabar entre as quatro últimas da competição ainda na 20ª rodada, caso seja derrotada, e Criciúma e Palmeiras conquistem três pontos.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA X CHAPECOENSE

Local: Couto Pereira, Curitiba (PR).
Data: 10 de setembro de 2014.
Horário: 21h00.

Coritiba: Vanderlei; Norberto, Leandro Almeida, Welinton e Carlinhos; Hélder, Rosinei, Robinho e Martinuccio; Zé Love e Élber.
Técnico: Marquinhos Santos.

Chapecoense: Danilo; Fabiano, Grolli, Jaílton e Neuton; Wanderson, Diones, Abuda, Zezinho e Camilo; Bruno Rangel.
Técnico: Celso Rodrigues.