Por Felipe Ribeiro

Para protestar contra o aumento de R$ 0,15 na tarifa do ônibus, a Frente de Luta pelo Transporte marcou para o começo da noite da próxima sexta-feira (14) uma manifestação na Boca Maldita. Segundo os organizadores, uma assembleia foi realizada na noite de terça-feira (11) e contou com grande número de pessoas na Praça Santos Andrade.

protestobocaFoto: Guilherme Vieira

“Não deixaremos passar esse aumento sem protestos! Não é por centavos, é pela dignidade dos cidadãos, que estão cada vez mais espremidos, as mulheres abusadas e a qualidade só piora tanto para os cidadãos, como para os trabalhadores do transporte público”, afirma relato no Facebook.

O reajuste foi anunciado pela Prefeitura de Curitiba na última sexta-feira (7). Com a decisão, a passagem passou de R$ 2,70 para R$ 2,85 na terça-feira (11).

Em junho de 2013, a Urbanização de Curitiba (Urbs) chegou a anunciar o mesmo reajuste, mas voltou atrás após as manifestações que tomaram conta do país, inclusive na capital paranaense.

De acordo com o presidente da Urbs, Roberto Gregório, o valor é uma recomposição do que é subsidiado pelas administrações municipal e estadual. “Juntos, a Prefeitura de Curitiba e o Governo do Estado estavam gastando R$ 12 milhões com o transporte coletivo da rede integrada, então, para aliviar as contas, acertamos conjuntamente este novo valor”, explicou.

A manifestação está marcada para começar às 18 horas da próxima sexta-feira.

Notícias Relacionadas:

Urbs faz mais de 6 mil atendimentos no último dia com passagem a R$ 2,70

Urbs aumenta tarifa de ônibus em R$ 0,15 em Curitiba e já fala em outro reajuste para 2015