Uma consumidora desesperada depois de pagar por um serviço e recebê-lo pela metade procurou a Banda B nesta quinta-feira (2). O problema é que Edenize Ribas não pegou nenhuma nota fiscal e por isto não sabia como proceder. A solução para ela foi entrar em contato com a reportagem.

A Banda B ligou à empresa e os responsáveis garantiram que o problema será resolvido ainda hoje. Segundo o Procon-PR, este tipo de problema é recorrente e os consumidores devem estar atentado ao contratarem um serviço: “Pagar adiantado e não solicitar nota fiscal é um grande erro”, afirmou Claudia Silvano, procurado do Procon.

Edenize procurou a Banda B porque pagou a uma empresa pela instalação de alarme e cerca elétrica em sua residência, porém, só recebeu o primeiro serviço. “Dei R$ 850 e a empresa está me enrolando. O problema é que confiei nos funcionários e não peguei a nota fiscal, porque o rapaz estava apressado. Não sabia mais o que fazer e procurei a reportagem para denunciar esta empresa”, contou.

A Banda B ligou para a empresa e um dos responsáveis garantiu que o problema será sanado ainda hoje. “Está tudo certo, nós vamos lá hoje resolver com ela. Tivemos problemas com funcionários e por isso ainda não terminamos o serviço”, afirmou.

Orientação Procon-PR

Procurada pela Banda B, Claudia Silvano, coordenadora do Procon no Paraná, afirmou que este tipo de problema é comum e que o consumidor peca pela pressa. “Este tipo de contrato de serviço é muito sensível e a pessoa precisa estar sempre atenta. Não se pode pagar adiantado e deve-se pedir um orçamento inicial, dentre outras coisas”, iniciou.

“No caso especifico desta consumidora, ela possivelmente terá o seu problema sanado por conta do contato da rádio com a empresa, mas outras pessoas acabam sendo prejudicadas devido a esta pressa. Nossa orientação para quem sofrer com isto é entrar em contato com o Procon pelo telefone: 0800-41-1512”, concluiu Claudia Silvano.