Por Marina Sequinel e Luiz Henrique de Oliveira

Trans são retiradas de shopping após briga com cliente. (Fotos: Reprodução)

Uma confusão no shopping Estação, no bairro Rebouças, em Curitiba, viralizou nas redes sociais nos últimos dias. Um vídeo divulgado no Youtube mostra o momento em que mulheres trans são encaminhadas para fora do estabelecimento por seguranças. Duas delas chegam a ser retiradas à força.

A Banda B teve acesso à gravação completa das câmeras de segurança na tarde desta segunda-feira (12). No vídeo, quatro trans caminham no shopping, no último dia 5, quando cruzam com outro cliente, que está com a esposa, a filha e uma sobrinha.

Depois que a família senta em uma mesa na praça de alimentação, o grupo se aproxima e começa a discutir. O shopping não soube informar, no entanto, qual seria o motivo da briga. Nesse momento, os seguranças chegam mais perto para acalmar as mulheres trans, sem sucesso.

Ainda de acordo com as imagens, uma delas vira a bandeja do cliente, junto com o copo de refrigerante e a comida dele. No meio da confusão, uma trans ainda ergue a camiseta e mostra os seios. Os seguranças tentam contê-la com diálogo mas, em determinado momento, ela começa a agredir o homem.

Na parte do vídeo que viralizou, é possível ver a briga entre os clientes e, em seguida, a ação por parte dos seguranças. Os funcionários tiram duas das trans à força do local.

Nas redes sociais, muitos internautas criticaram o vídeo alegando se tratar de um caso de discriminação e homofobia. As imagens, no entanto, desmentem essa versão. Sobre o caso, o shopping enviou à reportagem a seguinte nota:

O shopping esclarece que repudia qualquer ato de discriminação e afirma que a equipe terceirizada que presta serviços agiu para conter uma briga entre clientes e garantir a segurança do público presente. Os seguranças terceirizados envolvidos no episódio foram afastados. O Shopping frisa ainda que acionou as autoridades policiais no momento do ocorrido e está à disposição para prestar esclarecimentos nas investigações.