Da Redação com AEN-PR

O Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem-PR) interditou bombas de combustíveis instaladas em diversos postos de Curitiba e da Região Metropolitana, durante uma operação especial de fiscalização. Técnicos do Instituto constataram a adulteração de placas eletrônicas de bombas, que abasteciam em menor quantidade do que a registrada no equipamento. Alguns estabelecimentos tiveram as atividades totalmente interrompidas por causa das irregularidades.

As fiscalizações ocorreram no início deste mês com o objetivo de combater fraudes. Os técnicos do Ipem-PR visitaram sete postos de combustíveis líquidos, onde fiscalizaram 104 bicos de bombas medidoras. Destas, 44 foram interditadas. Também foram apreendidas 12 placas eletrônicas por suspeita de fraude.

Confira a lista de postos autuados e o endereço deles:

Empresas autuadas e com as placas eletrônicas apreendidas:

-Posto Bairro Tarumã Ltda: Av Victor Ferreira Do Amaral, 2628, bairro Tarumã, em Curitiba;
-Posto Via Aeroporto Ltda: Avenida Rocha Pombo, 3413, bairro São Cristóvão, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba;
-Com. De Combustíveis JPS Ltda: Rua Cid Marcondes de Albuquerque, 2357 , no bairro Pinheirinho, em Curitiba.

Empresas autuadas porque o plano de selagem das bombas medidoras estavam violados: 

Shark Com. De Combustíveis Ltda: Rua XV de Novembro, 2499, Alto da XV, em Curitiba
Flórida Com. De Combustíveis Ltda: Rua. Dep. Joaquim José Pedrosa, 425 – Cabral, em Curitiba
GRC Com. De Combustíveis Ltda: Rua Dr. Leão Mocellin, 28 – Santa Felicidade, em Curitiba

O Ipem-PR ressalta que estes postos foram autuados e terão oportunidade de defesa em primeira e segunda instância. Dos estabelecimentos fiscalizados, apenas no Aladim Posto de Abastecimento e Serviços Ltda não foram encontradas irregularidades.

DENÚNCIAS – O consumidor que se sentir lesado ou desconfiar de irregularidades deve entrar em contato com a Ouvidoria do Ipem-PR por meio do telefone 0800 645 0102 ou pelo site www.ipem.pr.gov.br, no link “Ouvidoria”.

Em entrevista, presidente do IPEM, Oliveira Filho, falou sobre a fiscalização:

ÁUDIO 01 – SOBRE A OPERAÇÃO

[jwplayer mediaid=”247421″]

ÁUDIO 02 – FRAUDES BOMBAS

[jwplayer mediaid=”247422″]

ÁUDIO 03 – FUTURO DOS POSTOS COM FRAUDES

[jwplayer mediaid=”247423″]

Saiba mais sobre a operação na notícia relacionada abaixo: