As provas de conhecimento do maior concurso para contratação de policiais e bombeiros militares da história do Governo do Paraná aconteceu neste domingo (24/02) em 16 cidades do Estado do Paraná. De acordo com informações da Fundação de Apoio à Faculdade Estadual de Paranavaí (Fafipa), não houve atraso no início das provas. Na avaliação do comandante geral da PM, coronel Roberson Luiz Bondaruk, o concurso foi um sucesso tendo em vista que dos 123.950 inscritos, apenas 8,86% não comparecem para fazer a prova.

“Para um concurso desta envergadura, tivemos poucas faltas, e isto significa que as pessoas querem seguir esta carreira”, avalia coronel Roberson.

Para as 5.264 (4.445 para policiais militares e 819 para bombeiros militares) foram registradas 164.430 inscrições, das quais 123.943 foram validadas. “Em toda a história da Polícia Militar nunca houve tantos inscritos. No último concurso, para cerca de 2 mil vagas, foram 80 mil candidatos”, avalia o comandante geral.

Do total de inscrições válidas, 17.400 são para a carreira de bombeiro militar e 106.543 para a de policial militar.

O início da prova foi às 8 horas, mas os portões foram fechados às 7h45. A duração da prova foi de 5 horas. Foram 40 questões objetivas divididas entre Português, Matemática, História, Geografia, Informática, Estatuto da Criança e do Adolescente e atualidades. Houve também redação.

Os 16 locais de prova foram em Campo Mourão; Cascavel; Curitiba; Foz do Iguaçu; Francisco Beltrão; Guarapuava; Ivaiporã; Jacarezinho; Londrina; Maringá; Paranaguá; Paranavaí; Ponta Grossa; Telêmaco Borba; Umuarama e União da Vitória. As provas ocorreram em 105 instituições de ensino e envolveu 7.203 profissionais, sendo 5.648 fiscais de sala.

As vagas foram regionalizadas sendo: 1º Núcleo – Curitiba, Região Metropolitana e Litoral; 2º Núcleo – Londrina e região; 3º Núcleo – Maringá e região; 4º Núcleo – Ponta Grossa e região; 5º Núcleo – Cascavel e região. Os inscritos puderam escolher a região em que iriam tentar a vaga. O processo de avaliação foi dividido em prova escrita, teste físico, avaliação psicológica, exame clínico e uma avaliação social.

Atualmente a Polícia Militar do Paraná (PMPR) conta com um efetivo de 19,5 mil policiais em todo o estado. A última contratação foi de 2.510 mil policiais militares, 526 bombeiros militares e 189 cadetes, sendo que alguns já se formaram e outros se formarão até março de 2013.

A remuneração durante o curso de formação de soldados é de uma bolsa-auxílio no valor de R$ 1.463,03, que é referente ao salário de um soldado de 2º classe, e após a conclusão o soldado, agora de primeira classe, recebe o valor de R$ 3.225,99.

Outras informações: no site da Fafipa – www.fafipa.br/concurso

Lista de ausência nas provas:

Campo Mourão – 2.343 candidatos – 7,8% de ausência

Cascavel – 11.131 candidatos – 8,52% de ausência

Curitiba – 35.616 candidatos – 11,64% de ausência

Foz do Iguaçu – 7.994 candidatos – 6,71% de ausência

Francisco Beltrão – 7.091 candidatos – 9,1% de ausência

Guarapuava – 3.685 candidatos – 6,46% de ausência

Ivaiporã – 1.038 candidatos – 6,36% de ausência

Jacarezinho – 4.698 candidatos – 6,75% de ausência

Londrina – 15.793 candidatos – 7,81% de ausência

Maringá – 9.092 candidatos – 9,88% de ausência

Paranaguá – 4.670 candidatos – 5,25% de ausência

Paranavaí – 3.719 candidatos – 7,99% de ausência

Ponta Grossa – 9.093 candidatos – 6,47% de ausência

Telêmaco Borba – 683 candidatos – 6,73% de ausência

Umuarama – 4.505 candidatos – 8,24% de ausência

União da Vitória – 2.799 candidatos – 8,61% de ausência