Da Redação

As estradas paranaenses devem ter movimento intenso a partir desta quinta-feira (17). O maior fluxo deve ser registrado na saída de Curitiba em direção ao interior do estado, onde picos podem passar dos 60 mil veículos diários, cerca de 130% acima do normal, movimento este que pode ser um dos maiores já registrados no trecho. Em direção ao litoral do estado o movimento deve ser mais tranquilo em relação a outros feriados e os picos podem chegar a 1,2 mil veículos por hora, o dobro do considerado normal.

estradas

Foto: Divulgação

De acordo com a concessionária Rodonorte, a expectativa é de altíssimo tráfego no sentido Interior para a sexta-feira (18), especialmente pela manhã, e no sentido Curitiba na segunda-feira (21) à tarde, principal dia de volta.

Na BR-277, entre Curitiba e São Luiz do Purunã, 252 mil veículos são aguardados no período. A melhor alternativa, segundo a concessionária, é evitar a sexta-feira (18) entre as 7h e 15h e viajar após este horário ou no sábado (19), a qualquer hora. Um grande volume de motoristas deve sair da capital de maneira concentrada, na manhã de sexta, o que poderá gerar congestionamentos por excesso de veículos em pontos diferentes, ao longo da saída para o Contorno Sul e o 140, o encontro das BRs 277 (sentido Oeste) e 376 (sentido Norte e Campos Gerais).

Até hoje, o recorde para um dia na rodovia é de 59.731 veículos, véspera de Natal em 22 de dezembro de 2012. O segundo maior movimento já registrado foi na Páscoa de 2011, com 55.590 em 21 de abril. Para este ano, é alta a possibilidade de o fluxo chegar a mais de 60 mil em um único dia.

Litoral

Aproximadamente 126 mil veículos devem circular nos dois sentidos da BR-277 no feriado. Segundo previsão da Ecovia, o maior movimento em direção às praias deve começar a ser registrado na quinta-feira-feira, a partir das 14h, e deve se intensificar entre 18h e 21h – quando pode haver picos de mais de 1,2 mil carros/hora – movimento duas vezes maior que o normal. Neste dia são esperados cerca de 17 mil veículos. Outros 18 mil são aguardados durante a sexta-feira (18).

No km 18 está em execução a reconstrução da ponte sobre o Rio Jacareí (sentido Curitiba), região de Morretes. A pista no sentido Curitiba ficará interditada e o fluxo será desviado para o sentido Paranaguá, com mão dupla por um trecho de aproximadamente 600 metros. Em horários de maior movimento haverá operação especial no local.

Santa Catarina

Já em direção ao litoral catarinense, a Autopista Litoral Sul espera que 39 mil veículos circulem por dia no trecho entre Curitiba e Palhoça. Durante a operação, o movimento intenso de veículos deverá se concentrar na BR-376 e na BR-101, principalmente nos acessos da rodovia aos municípios de Garuva, Barra Velha, Penha, Navegantes, Itajaí, Balneário Camboriú, Itapema, Florianópolis e Palhoça. No Contorno Leste de Curitiba (BR-116), o tráfego é intensificado próximo a capital.

Na saída para o feriado, o maior movimento deverá ocorrer entre às 17h e meia noite de quinta-feira (17) e das 6h às 16h de sexta-feira (18), com maior concentração de fluxo no sentido Sul (Palhoça). No retorno, a previsão é de que o fluxo seja intenso durante toda a segunda-feira (21) das 8h até a meia-noite com maior volume de tráfego no sentido Norte.