Mais de 1.600 agricultores familiares e 918 entidades assistenciais de 98 municípios das regionais de Campo Mourão, Maringá, Paranavaí, Ivaiporã e Londrina estão sendo beneficiados com R$ 6,5 milhões do Compra Direta- Programa de Aquisição de Alimentos neste ano. A assinatura dos termos aditivos foi realizada nesta quinta-feira (25), em Campo Mourão e Ivaiporã, pelo secretário do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Claudio Romanelli, prefeitos, produtores rurais e entidades socioassistenciais.

O programa estimula a agricultura familiar, com garantia de renda permanente, e garante alimentação adequada para pessoas em situação de vulnerabilidade. São atendidas mais de um milhão de pessoas em todo o Estado. “O programa Compra Direta estabelece relação direta entre os agricultores e as entidades beneficiárias. São adquiridos produtos de 10 mil pequenos agricultores e repassados a 3 mil entidades assistenciais”, explica Romanelli.

O Governo do Estado está ampliando os recursos investidos no Compra Direta, numa bem-sucedida parceria com o Ministério de Desenvolvimento social e Combate à Fome – MDS. O Compra Direta investiu R$ 24 milhões no Paraná em 2012, 60% a mais em relação a 2011, quando o investimento foi de R$ 15 milhões, e quase três vezes maior que o volume de recursos de 2010 (R$ 9 milhões). Neste ano estão sendo investidos 26 milhões em todo o Estado.

O prefeito de Mamborê, Nei Calori, disse que o programa traz muitos benefícios para pequenos municípios “Aproximadamente 15% dos moradores de Mamborê são agricultores familiares. O Compra Direta estimula empregos e renda aos agricultores, fortalece o comércio e garante a permanência dos agricultores no campo”.

Para o prefeito de Ivaiporã e presidente da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi), Luiz Carlos Gil, o Compra Direta contribuiu para a diversificação da produção agrícola na região. “Os agricultores sentem-se motivados a permanecer no campo e a investir nas propriedades. Ganham os produtores e as entidades que recebem os produtos”.

BENEFICIADOS – José Américo dos Santos, presidente da Comunidade de Acolhimento São José, albergue de Campo Mourão, atende 250 pessoas mensalmente e oferece três refeições diárias. “Todas as terças e quintas-feiras recebo frutas, verduras e legumes, além de pães e bolachas. Esses alimentos são a base do cardápio que oferecemos e são fundamentais para garantir alimentação saudável e equilibrada”.

A agricultora Sônia Aparecida Ribeiro Crozatto, de Ivaiporã, participa do Compra Direta desde 2005. “Comecei fazendo pães e bolachas e fui me aperfeiçoando, fiz cursos e hoje faço 11 tipos diferentes de biscoitos e pães. Ampliei meu negócio. Forneço para o mercado municipal da agricultura familiar, para a merenda escolar e para o Compra Direta. Já consegui comprar um carro, trocar os móveis da casa e tenho renda assegurada”.

Manoel Pereira da Silva, 67 anos, agricultor familiar do município de Quarto Centenário, fornece pães, bolachas e legumes para três escolas e uma creche. Para ele, o Compra Direta é fundamental para comercializar a produção. “A gente no sítio não tinha para onde vender, e, às vezes, acabava se perdendo. Agora, a venda é certa, a gente tem incentivo para plantar, porque sabe que a colheita não vai se perder”,disse.

REGIONAIS – Na regional de Campo Mourão, o Compra Direta beneficia 446 agricultores familiares, 253 entidades sociais com investimento de R$ 1,8 milihão. Na regional de Maringá, são 24 municípios, 429, agricultores, 233 entidades sociais. O valor total do aditivo é R$ 1,79 milhão. Já em Paranavaí, são 20 municípios, 302 agricultores, 145 entidades sociais , com recursos de R$ 1 milhão.

Em Ivaiporã, 17 municípios assinaram o aditivo, beneficiando 306 agricultores, 138 entidades sociais. O repasse é de R$ 1 milhão. Na regional de Londrina, são 15 municípios, 186 agricultores familiares, 149 entidades sociais, somando o valor de R$ 744 mil.

Participaram da assinatura da nova pactuação do programa Compra Direta- Programa de Aquisição de Alimentos, em Campo Mourão, os prefeitos de Altamira do Paraná, Araruna, Barbosa Ferraz, Campina da Lagoa, Farol, Fênix, Iretama, Juranda, Mamborê, Moreira Salles, Nova Cantu, Peabiru, Quinta do Sol, Rancho Alegre do Oeste, Roncador, Jardim Olinda, Iguaraçu e Paranapoema.