Um dos grandes compositores brasileiros, Edino Krieger, será homenageado neste domingo (24), às 10h30, pela Orquestra Sinfônica do Paraná, no Guairão, sob a regência do maestro Osvaldo Ferreira. A obra Canticum Naturalle, escrita em 1972, baseada em cantos de pássaros e ruídos ambientais da Amazônia, abre a apresentação. O programa também inclui Concertino para Clarinete e Pequena Orquestra, de Francisco Mignone (1897-1986) e Sinfonia Nº 3 em Fa maior op. 90, de Johannes Brahns (1833 – 1897).

De acordo com Osvaldo Ferreira, este é um momento para homenagear um grande nome da música brasileira, Edino Krieger, membro da Academia Brasileira de Música, que acaba de completar 85 anos de idade.

Edino Krieger é natural de Brusque, Santa Catarina, nasceu em 17 de março de 1928. Seu nome é sinônimo de talento e brilhantismo, desde muito jovem dedicou sua vida à música. Aos 14 anos fez o primeiro concerto, em Florianópolis. Acumula em seu currículo vários prêmios internacionais e nacionais de música, entre eles os Internacional da Paz do Festival de Varsóvia e da Fundação Rottelini de Roma, o Troféu Golfinho de Ouro pelo conjunto de sua obra, que recebeu por duas vezes e o Prêmio Shell de Música.

A Orquestra de Câmara Solistas de Londrina lançou em 2012 o CD “Retratos Brasileiros” com suas obras.

SOLISTAS – Participam deste concerto dois solistas, Kalinka Damiani, cantora brasileira, natural de Santa Catarina, premiada em vários concursos como melhor intérprete. Protagonizou grandes títulos de óperas no Brasil e no exterior. E Marcelo Oliveira, primeiro clarinetista solista na Orquestra Sinfônica do Paraná

Seu trabalho é conhecido tanto no Brasil como no exterior. Atua também na música flamenca, como flautista, participando de diversos espetáculos em Curitiba e Londrina.

REPERTÓRIO – Canticum Naturalle de Edino Krieger, escrita sob encomenda, para soprano e orquestra, baseada em cantos de pássaros e ruídos ambientais da Amazônia, exige bastante dos instrumentistas da orquestra. A obra se divide em duas partes, O Diálogo dos Pássaros e O Monólogo das Águas. O compositor se valeu de uma gravação de cantos de pássaros brasileiros, produzido pelo engenheiro Johann Dalgas Frisch, como matéria-prima sonora. Os efeitos são obtidos através de várias possibilidades buscando referências que caracterizam sons ambientais da Amazônia.

Mais duas obras compõem o repertório: Concertino Para Clarinete e Pequena Orquestra, de Francisco Mignone, escrita em 1957 em três partes: Fantasia, Toada e Final. Sinfonia Nº 3 em Fa maior op. 90, do compositor alemão Johannes Brahms, composta sob influência de Beethoven e Schumann. A obra se divide em quatro movimentos e é considerada uma das mais fáceis do repertório do compositor.

SERVIÇO: Concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná – Homenagem a Edino Krieger.
Data: 24 (domingo).
Horário: 10h30.
Local: Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto – Guairão (Rua Conselheiro Laurindo, s/n, Centro, Curitiba – Paraná).
Ingressos: R$ 30,00. Desconto de 50% para o Cartão Teatro Guaíra, não cumulativo com outros descontos previstos em lei.