Da Redação

Amanhã (8). Esta é a data limite para que os comerciantes que têm lojas na Rodoferroviária de Curitiba deixem seus pontos comerciais. A Justiça concedeu um prazo maior acatando um pedido feito pelos próprios comerciantes. Eles alegaram impossibilidade de sair no prazo estabelecido pela Urbs, que seria ontem. Já nesta segunda-feira (7), alguns permissionários eram vistos deixando o local.

O processo de licitação dos espaços comerciais da Rodoferroviária para a contratação de novos permissionários já foi aberto e a licitação acontecerá no dia 4 de novembro. Segundo a URBS, os proprietários das lojas que estavam no terminal não seguiam a Constituição e a Lei de Licitações. Por sua vez, os comerciantes discordam e se dizem amparados por documentos legais. Uma decisão da 3° Vara da Fazenda Pública de Curitiba deu ganho de causa a URBS.

O novo edital prevê a contratação de 17 permissionários pelo prazo de até oito anos, mediante pagamento de outorga e permissão de uso.