Por Luiz Henrique de Oliveira

Metalúrgicos da New Holland pararam as atividades por três horas no início da manhã desta quarta-feira (8) na fábrica localizada na Av. Juscelino K. de Oliveira, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Eles denunciam a demissão em massa de 80 funcionários na última sexta-feira. Entretanto, de acordo com a empresa, 17 trabalhadores foram demitidos, e não os 80 apontados pelo sindicato.

Metalúrgicos protestam contra demissão em massa (Foto: Colaboração)

A manifestação deixou a Juscelino K. de Oliveira interditada por alguns minutos. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, a empresa descumpriu um acordo de discutir com dirigentes sindicais em casos de demissões. Ainda de acordo com os metalúrgicos, a alegação para o desligamento dos funcionários seria ‘baixo rendimento’, o que é refutado pelos trabalhadores.

“Há a suspeita de demissão de trabalhadores com doença ocupacional e outros que têm relação com o sindicato. Hoje, a empresa ficou parada das 6h às 9h e foi pedido um prazo de 48 horas para uma negociação com a empresa. Se eles não voltarem atrás, os trabalhadores entrarão em greve por tempo indeterminado. Isso foi decidido em assembleia”, informou a assessoria de imprensa do Sindicato.

A Banda B entrou em contato com a assessoria de imprensa da New Holland que confirmou a demissão de 17 funcionários por motivo de baixo rendimento, negando as informações do Sindicato dos Metalúrgicos.