Da Redação*

(Foto: Colaboração – Banda B)

Manifestantes se reuniram no Centro de Curitiba na tarde deste domingo (26) em apoio à Operação Lava Jato. Eles saíram da Praça Santos Andrade e caminharam pela Avenida Marechal Deodoro até a Boca Maldita, onde acontece a concentração.

(Foto: Reprodução)

A mobilização foi organizada por representantes dos grupos “Vem Pra Rua” e “Movimento Brasil Livre” (MBL), que realizam protestos
simultaneamente em várias cidades do país. Os participantes se dizem contra a anistia ao caixa dois e o foro privilegiado.

“Nós não aceitamos sustentar esse bando de canalhas, que usam o dinheiro público para fazer o que quiserem. Somos contra a corrupção”, disse um manifestante que discursava no megafone.

De acordo com informações preliminares da Polícia Militar, o protesto conta com a participação de 800 a mil pessoas. Entre as palavras de ordem ditas por quem caminhava pelas ruas estavam “1, 2, 3, Lula no xadrez”, “Petistas não passarão”, “Fora Lula e PT” e “Viva Sérgio Moro”.

Nacional

Em apoio à Operação Lava Jato da Polícia Federal e contra o fim do foro privilegiado e da impunidade, a orla de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, foi palco na manhã de hoje (26) de uma manifestação que pedia também a renovação política. O ato foi promovida pelo Movimento Vem Pra Rua e reuniu centenas de pessoas.

Já a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, recebeu 630 pessoas, nas contas da Polícia Militar (PM), para protestar contra a corrupção. Uma das principais pautas de reivindicação repudiava a lista fechada, que vem sendo defendida por vários políticos. No alto de um carro de som, a coordenadora do movimento Vem Pra Rua, Juliana Dias, discursou contra o modelo eleitoral proposto no Congresso, que considera “a coisa mais antidemocrática que existe”.

*Com informações da Agência Brasil