Por Marina Sequinel

Marcos Canan fundou a Bull Prime em 2014. (Foto: Reprodução/Facebook)

Chega domingo e parece que a gente já começa a sentir o cheiro irresistível do churrasco em família: é a carne assando na chapa, a linguiça servida como aperitivo e todo mundo aproveitando para colocar o papo em dia. O que é lazer para muitos brasileiros se chama trabalho para o empresário Marcos Canan, de 34 anos. Depois de deixar o jornalismo de lado, ele resolveu se especializar em carnes e abrir o açougue Bull Prime, que hoje tem duas unidades em Curitiba.

(Foto: Reprodução/Instagram Bull Prime)

Com a venda de alimentos nobres, o estabelecimento deve inaugurar em breve uma nova loja no shopping Pátio Batel, em Curitiba. “Nós teremos pratos para consumir na hora, mas vamos focar nas carnes para serem preparadas em casa”, contou o empresário em entrevista à Banda B.

Além da inauguração, Canan espera, ainda, ampliar a produção do Bull Prime. “A maior parte da produção de cordeiro é própria e a carne bovina vem de frigoríficos parceiros. O nosso diferencial é o Wagyu, um boi originário do Japão, que, em breve, também será produzido aqui”, disse.

Toda essa inspiração para o trabalho veio da família do empresário, que é pecuarista. “Nas minhas férias de criança, eu ia para a fazenda do meu avô e acompanhava todo o processo de produção dos animais, até o frigorífico. No meio do caminho, eu fiz jornalismo por começar a trabalhar muito cedo em um canal de TV. Depois que saí de lá, montei uma empresa especializada em cordeiro e os animais que não considerava ‘top de linha’, eu vendia para os amigos, informalmente. Foi assim que tudo começou a ganhar rumo”, comentou.

Para finalizar, o especialista em carnes deu dicas para quem ainda não decidiu a receita do almoço em família deste domingo. Marcos garantiu que não existe nenhum segredo para se fazer um bom churrasco. “Nós sempre fazemos esse evento para os nossos amigos ou familiares. Depois, temos que decidir o que servir, o tipo de carne, nos convidados que gostam de carne bem ou mal passada… Mas, independente de tudo isso, comprando um alimento de qualidade, com um equipamento eficiente, basta se cercar de pessoas legais e viver a vida”, concluiu.