A Secretaria Estadual da Educação concluiu a licitação das obras de reformas e ampliação da Escola Estadual Professor Leonor Castellano, de Barracão, e do Colégio Estadual Bom Jesus, de Bom Jesus do Sul, na região Sudoeste. O governo vai aplicar cerca de R$ 500 mil para construir mais salas e ampliar a oferta de vagas e de atividades de educação em tempo integral. As obras devem começar em um mês.

“Com as ampliações nós poderemos expandir o ensino em tempo integral, além de atender mais alunos”, disse a chefe do núcleo regional de educação de Francisco Beltrão, Ozélia Nesi Lavina.

A escola Professor Leonor Castellano vai receber três salas de aulas e reparos no prédio. Com isso, a escola implantará atividades em tempo integral, respondendo a antiga reivindicação da comunidade escolar. Atualmente são atendidos na escola 566 alunos do ensino fundamental e do médio.

O Colégio Bom Jesus também vai ganhar mais três salas de aula, que beneficiarão mais de 600 alunos. Além de aumentar a oferta de vagas, os alunos terão mais espaço para participar das atividades desenvolvidas pela escola, que funciona em tempo integral.

A ampliação acabará com um antigo problema de espaço que a escola enfrenta com a crescente demanda por vagas. Atualmente, os alunos do ensino médio estão sendo atendidos em outro prédio.

“Teremos outras atividades para os alunos que permanecem na escola nos dois períodos do dia”, comemora o diretor Laide Pinheiro Cabral. Nove turmas com 220 alunos estudam em tempo integral. Eles almoçam e permanecem na escola praticando várias atividades educativas até o fim da tarde.