Depois de 10 anos sem passar por reformas, alunos, professores e funcionários do Colégio Estadual Júlio César, em Rebouças, no Centro Sul do Estado, terão uma escola nova e moderna. O vice-governador e secretário de Estado da Educação, Flávio Arns, assinou a ordem de serviço para reforma geral na escola.

O recurso para a reforma da escola faz parte de um pacote de R$ 4 milhões em novas obras que o governador Beto Richa está autorizando neste fim de semana para outras reformas em escolas estaduais da região Oeste e Sudoeste.

O investimento passará de R$ 1 milhão e vai resolver problemas como falta de salas de aula. “Fiz questão de vir aqui no colégio para autorizar o início dessa obra tão importante e que irá resolver uma situação de precariedade que se arrasta há muitos anos”, destacou Arns.

O Colégio atende aproximadamente 1.120 alunos do ensino fundamental, médio e profissionalizante. Além de duas novas salas, serão feitas obras no telhado e no forro para acabar com o problema de infiltração de água no prédio.

Outras importantes reformas serão no assoalho, muro, banheiros, redes elétricas e hidráulicas. “Com essa reforma vamos oferecer mais conforto para os alunos e isso vai refletir no aprendizado”, afirmou o professor de Educação Física, Ricardo Shereitz.

De acordo com a vice-diretora, Marcilia Laurita Stadler, com a reforma da infraestrutura a escola vai estar completa. O colégio já conta com novos equipamentos para professores, funcionários e alunos.

“A escola está bem completa com materiais novos, merenda de boa qualidade. O que faltava mesmo era a melhoria do prédio. Essa reforma, com certeza, vai melhorar a autoestima dos alunos e funcionários”, disse Marcilia.

A cozinha é um dos ambientes que será totalmente reformado no colégio. As merendeiras da escola já trabalham com fornos, fogões, freezers e liquidificadores industriais entregues pela Secretaria da Educação. “Nós temos todos os equipamentos novos, mas o espaço é bem pequeno e dificulta o nosso trabalho. Com as reformas isso vai mudar”, afirma a merendeira Sirlei Terezinha de Melo Jozwiak.