Da SMCS

(Foto: Divulgação SMCS)

A Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) está convocando 1.462 inscritos do seu cadastro de pretendentes a imóveis para aquisição de apartamentos no Residencial Canadá, na região metropolitana de Araucária. Reuniões para explicar as condições de financiamento das unidades – que já foram concluídas – serão promovidas de 24 a 28 de abril, no auditório da Cohab, no Centro, às 9h e às 14 horas.

Estão sendo chamadas famílias com renda mensal entre R$ 1.601 e R$ 3.600, pertencem à faixa 2 do programa Minha Casa Minha Vida. A convocação acontece por meio de parcerias com a iniciativa privada e é segunda realizada pela Cohab nos últimos dois meses. Em fevereiro foram chamados 900 pretendentes para a aquisição de imóveis em São José dos Pinhais, no residencial Milano.

Nestas parcerias a Cohab participa da fase de comercialização das unidades, com a identificação da demanda, convocação das famílias, apoio no processo de contratação do financiamento e entrega das unidades. “São associações que fazemos para ampliar as oportunidades de acesso à casa própria aos inscritos em nossa fila”, diz o presidente da Cohab, José Lupion Neto.

Localizado na rua Yoshiaki Nagano, no Bairro Capela Velha, o Residencial Canadá oferece apartamentos de 42 metros quadrados de área, dois dormitórios, sala, cozinha e lavanderia. O conjunto conta com estacionamento, área de lazer e salão de festas com churrasqueira.

Condições de financiamento – Durante as reuniões serão agendadas datas para os interessados entregarem a documentação necessária para aprovação do financiamento. O número de convocados para as reuniões sobre as condições de financiamento é maior do que o número de unidades ofertadas, pois parte dos interessados não consegue aprovar a documentação necessária e há também os que rejeitam a oferta.

Como os imóveis não ficam em Curitiba, a Cohab não aplicará a instrução normativa que leva para o final da fila os inscritos que recusam convocações. Para oferta de imóveis em Curitiba, os convocados que recusam tem a inscrição cancelada e um novo número é gerado, iniciando novamente a contagem do tempo de espera para uma nova chamada.