Da Redação com SMCS

A nova modalidade de cartão transporte, lançada para suprir a ausência de cobrança de passagens em dinheiro nos micro-ônibus de Curitiba, já teve 5 mil unidades vendidas em apenas três dias do novo sistema. De acordo com a prefeitura da capital, um lote de mais 2 mil cartões avulsos foi liberado no final da tarde desta segunda-feira (4) para atender a alta demanda.

Tanto o cartão avulso, quanto o cartão usuário podem ser carregados quantas vezes forem necessárias e são aceitos – inclusive para pagamento da tarifa especial de domingo – em todo o sistema de transporte. Mas as semelhanças param por aí.

cartaoavulso

Foto: SMCS

O cartão transporte avulso custa R$ 3,00 e só pode ser carregado até o saldo de 25 créditos, limite estabelecido para segurança do usuário, uma vez que o cartão não pode ser bloqueado. Ou seja, se for perdido, ou roubado, não há como resgatar os créditos transporte que haviam sido carregados. Este cartão também não dá direito à integração temporal que permite usar mais de um ônibus, sem pagar nova passagem, mesmo fora de estações tubo ou terminais, que são a estrutura física da Rede Integrada de Transporte.

O cartão transporte usuário tem como vantagem o fato de ser gratuito (1ª via), permitir a definição prévia de créditos a serem usados por dia e poder ser bloqueado em caso de roubo ou extravio. Neste caso, basta ligar para o telefone 156.

Quando o cartão transporte usuário é bloqueado, os créditos existentes ficam no sistema e serão automaticamente carregados no mesmo cartão, em caso de desbloqueio solicitado pelo usuário, ou numa segunda via que, neste caso, custa o equivalente a cinco passagens o que, atualmente, representa R$13,50.

O avulso tem como principal objetivo atender o usuário em alguma necessidade eventual – como perceber que está sem o cartão na hora de voltar para casa – e pessoas que estão de passagem por Curitiba e podem adquiri-lo em 23 vários endereços no centro da cidade e em terminais de transporte.

O cartão avulso pode ser comprado nessas 23 bancas e lojas de terminais de transporte e o cartão transporte usuário é feito nos nove postos da Urbs (veja abaixo relação dos pontos de compra do cartão transporte avulso e dos pontos postos de emissão do cartão transporte usuário).

Com o cartão em mãos, o usuário deverá carregar os créditos. Independentemente da modalidade (avulso ou usuário) o cartão pode ser carregado gratuitamente na Urbs, no prédio central, na Rodoferroviária; ou, pelo custo de R$ 1,00, nos mesmos 23 endereços de bancas de jornais e em terminais de transporte.

O usuário tem ainda a opção de compra pela internet, o que é feito pelo site da Urbs (www.urbs.curitiba.pr.gov.br). Neste caso, a operação pode ser gratuita, com opção de guia de recolhimento em banco; ou custar R$ 1,60 que é taxa do sistema bancário para pagamento com boleto. Independentemente da opção, os créditos estarão disponíveis em até 72 horas. Nas bancas, terminais e na tesouraria da Urbs, a carga de crédito é imediata.

Confira os pontos de venda de cartão transporte avulso e de carga de créditos no cartão transporte avulso e no cartão transporte usuário:

Banca Tobias de Macedo – Na Travessa Moreira Garcez, em frente à galeria Tobias de Macedo

Banca na esquina das ruas Barão do Cerro Azul e 13 de Maio

Banca do Cyro -Na Praça Tiradentes, em frente à loja Pernambucanas, ao lado do Marco Zero.

Banca Miguel Sdroieski – Arcadas do Pelourinho, em frente às lojas Riachuelo

Banca Bom Jesus – Na Praça Rui Barbosa, na lateral da André de Barros perto da Rua 24 de Maio

Banca Bom Jesus II – Na Praça Rui Barbosa, na lateral da Rua Pedro Ivo perto da Voluntários da Pátria

Banca Revistaria Cultura – Na Praça Rui Barbosa, na lateral da Rua Pedro Ivo perto da Desembargador Westphalen

Banca da Cátia – Na Praça Rui Barbosa, em frente ao Colégio São José

Banca Carlos Gomes – Na Praça Carlos Gomes, na lateral da Monsenhor Celso com José Loureiro

Banca Staub – Na Avenida Marechal Deodoro, esquina com João Negrão, em frente ao Shopping Itália

Banca de café Café do Zacarias – Na Praça Zacarias

Banca Adriano na avenida Cândido de Abreu, perto da Prefeitura e em frente ao Banco Itaú

Banca Skaraboto, na Avenida Cândido de Abreu, perto da Comendador Fontana

Banca Magda Ribeiro – Praça 19 de Dezembro

Em terminais de transporte:

Lanchonete Haluche – Terminal Cabral

Maestrelle e Panzarine  – Terminal Santa Felicidade

Tívoli Comércio de Jornais – Terminal Campina do Siqueira

Vital e Araujo Comercio de Doces – Terminal Vila Hauer

Schuoso Comércio de Doces – Terminal Portão

Tailândia Doces e Salgados – Terminal Centenário

Lanchonete Adriana – Terminal Fazendinha

Schuartz e Schuartz Papelaria – Rua da Cidadania Boa Vista

Edison Luiz Canha – Terminal Campo Comprido

Confira onde fazer o Cartão Transporte Usuário

Nos dias úteis das 8h30 às 17h e aos sábados das 8h30 ao meio-dia:

Urbs: Na Unidade de Fiscalização e Cadastro do Usuário, na ala ferroviária.

Nas Ruas da Cidadania:

• Matriz, na Praça Rui Barbosa;

• Boa Vista, na Avenida Paraná, 3.600, perto da Unidade de Saúde 24 Horas;

• Boqueirão, no Terminal do Carmo;

• Pinheirinho, no Terminal Pinheirinho;

• Portão – no Terminal Fazendinha.

Nos dias úteis das 7h às 19h e aos sábados das 8h30 ao meio-dia:

• Terminal Santa Felicidade, na guarita da fiscalização;

• Terminal Cabral, na guarita da fiscalização;

• Travessa Nestor de Castro, atrás da Catedral.