Redação

Avenida Iguaçu, próximo ao tubo Água Verde (Foto: Jean Michel)

Avenida Iguaçu, próximo ao tubo Água Verde (Foto: Jean Michel)

A Defesa Civil do Paraná informou no final da noite desta terça-feira (2) que a chuva que atingiu o Paraná no final da tarde afetou 9.807 em todo o estado. Pelo menos 2.552 casas foram danificadas em razão da queda de granizo. Em Curitiba e Região Metropolitana, cerca de 40 mil pessoas ficaram sem energia elétrica, informou a Copel.

Na capital, os bairros mais atingidos pela chuva foram Boa Vista, Ahú, Vista Alegre e Bom Retiro. Na RMC, o temporal foi mais forte em Mandirituba, Agudos do Sul, São José dos Pinhais, Pinhais, Quitandinha e Tijucas do Sul. No Paraná, os municípios mais afetados foram Laranjal, na região Centro-Sul, Ibema, no Oeste, e Marmeleiro, no Sudoeste.

O Instituto nacional de Meteorologia informou que em apenas 15 minutos, houve registro de 9.812 descargas atmosféricas no Sul do país. Os ventos mais fortes foram registrados em Ponta Grossa, com 100 km/h.
De acordo com o Simepar, não há mais previsão de chuva forte no Paraná nesta quarta-feira.

Tudo escuro

No final da tarde desta terça o céu ficou completamente escuro em Curitiba, ainda antes do sol se por. Por meio das redes sociais, a Prefeitura alertou sobre o deslocamento da tempestade das regiões metropolitanas para a capital. As rajadas de vento aumentaram rapidamente e a chuva se espalhou pelos bairros.

Em poucos minutos, o céu claro ficou completamente escuro com as nuvens carregadas. Câmeras instaladas no prédio do Instituto Tecnológico Simepar detectaram a chegada da tempestade. Na rede social Facebook, a Prefeitura postou, com uma imagem do céu, a frase: “Não é brincadeira. A foto foi tirada agora pela Prefeitura. Procurem um local seguro e evitem ficar na rua”.

Com o vento, cavaletes com fotos de candidatos voaram para o meio da rua, causando transtornos no trânsito.

Alguns bairros da capital registraram chuva de granizo, como foi o caso do Umbará.

tempestadednetro

Céu ficou completamente escuro no final da tarde – Foto: Felipe Ribeiro/Banda B