Da Redação

tempestadednetro

Em poucos minutos, as nuvens carregadas se deslocaram. (Foto: Felipe Ribeiro – Banda B)

A Prefeitura de Curitiba alertou por meio das redes sociais, no final da tarde desta terça-feira (02), sobre o deslocamento da tempestade das regiões metropolitanas para a capital. As rajadas de vento aumentam rapidamente e as chuvas devem se intensificar sobre todos os bairros.

Em poucos minutos, o céu claro ficou completamente escuro com as nuvens carregadas. Câmeras instaladas no prédio do Instituto Tecnológico Simepar detectaram a chegada da tempestade. Na rede social Facebook, a Prefeitura postou, com uma imagem do céu, a frase: “Não é brincadeira. A foto foi tirada agora pela Prefeitura. Procurem um local seguro e evitem ficar na rua”.

cavalete-rua

Com o vento, cavaletes voaram para o meio da rua, causando transtornos no trânsito. (Foto: Luiz Henrique de Oliveira – Banda B)

Alguns bairros da capital registraram chuva de granizo, como foi o caso do Umbará. Muitas regiões estão sem energia elétrica no momento, já que muitos semáforos estão desligados. Além disso, devido ao vento, muitos cavaletes acabaram voando para o meio da rua, causando transtornos no trânsito e potencializando o risco de acidentes.

Qualquer problema ou caso de emergência pode ser repassado para as autoridades pelo telefone 156 ou 199 da Defesa Civil.

Segue a postagem da página da Prefeitura de Curitiba no Facebook:

O que fazer em caso de chuva forte com alagamento

Em caso de emergência ligue:
199 – Defesa Civil
193 – Bombeiro
153 – Guarda Municipal

Se precisar de abrigo ou alojamento, procure o Cras da sua região:

Regional Cajuru:

Cras Uberaba – Rua Augusto David de Moraes, 160
Cras Acrópole – Rua Antonio Moreira Lopes, s/n
Regional Pinheirinho:
Cras Caximba – Estrada Delegado Bruno de Almeida, 8031, esquina Francisco B Paolini

Regional CIC:

Cras Barigui – Rua Senador Accioly Filho, 3300

Regional Boqueirão:

Cras Iguape – Rua Carlos Essenfelder, 3541

Avenida Iguaçu, próximo ao tubo Água Verde (Foto: Jean Michel)

Avenida Iguaçu, próximo ao tubo Água Verde (Foto: Jean Michel)