Da AEN

entornoarena

Foto: Reprodução

Já foram cadastrados para a Copa do Mundo 7.619 imóveis localizados no entorno do Estádio Joaquim Américo, a Arena da Baixada. São aproximadamente 20 mil pessoas, mais de 85% dos moradores da região.

Uma central de atendimento foi montada na Praça Ouvidor Pardinho. O trabalho é coordenado pelo Exército Brasileiro, em parceria com a Prefeitura Municipal de Curitiba, com apoio da Secretaria Municipal da Copa do Mundo e da Coordenação Geral da Copa no Paraná. “Em menos de uma semana conseguimos cadastrar um grande número de pessoas graças ao sistema que montamos, com locais de atendimento rápido e eficiente”, disse o major Rodrigo Lira.

“O credenciamento valerá para os quatro dias de jogos da Copa do Mundo em Curitiba e não para todo o período da Copa. No próximo jogo-teste, em 14 de maio, haverá apenas bloqueios com informações, sem restrição de tráfego de veículos ou pessoas” na área do estádio área, informou Cunha.

Profissionais, diretores e pacientes do Complexo Pequeno Príncipe, da Maternidade Victor do Amaral e do Laboratório de Análises Sugisawa, terão livre acesso a esses locais. “Mesmo estando no polígono definido pela Fifa como área restrita, os médicos e pacientes destes locais terão acesso liberado, incluindo ambulâncias”, disse o secretário municipal da Copa, Reginaldo Cordeiro.

O cadastro é válido para os dias 16, 20, 23 e 26 de junho, datas dos jogos na Arena da Baixada. Nestas datas haverá um controle, que começará seis horas antes do jogo e se será mantido até duas horas após o final da partida.

“Durante a Copa do Mundo o bloqueio será feito por policiais militares e o estacionamento nas ruas dentro do perímetro determinado será proibido”, explicou o delegado da Polícia Federal e presidente da Comissão Estadual de Segurança Pública e Defesa Civil para Grandes Eventos (Coesge), Flúvio Cardinelle Garcia.

Tem direito a se cadastrar o morador, comerciante ou trabalhador que queira ou precise circular nos dias de jogo na área restrita definida pela Fifa e a Polícia Militar. Moradores e trabalhadores que estiverem credenciados, assim como os portadores de ingresso que estiverem a pé, terão acesso e circulação livre, em qualquer horário.

A partir de zero hora do dia do jogo, até duas horas após a partida, não será permitido o estacionamento de veículos nas ruas da área definida. Os carros estacionados poderão ser guinchados. Quatro horas antes do jogo e até duas horas depois não será permitida a circulação de veículos particulares no perímetro de bloqueio, incluindo veículos credenciados. Apenas será liberado o tráfego para os veículos de emergência, como ambulâncias, bombeiros e polícia, ou outros veículos oficiais.