Da redação com assessoria

Mais de 300 casais de noivos devem oficializar a união neste sábado (14), às 18 horas, no Clube Nikkei, no bairro Uberaba, em Curitiba. O cartório do Uberaba será responsável pelas certidões e quatro servidores municipais servirão de testemunha.

O casamento coletivo é parte das atividades do projeto Justiça no Bairro, que será realizado, entre 8h e 18 horas, na Escola Municipal Professora Maria Marli Piovezan, na Regional Cajuru.

Entre os serviços oferecidos pelo projeto estão a emissão de documentos e de Direito de Família, como divórcio, pensão casamento-bairro-120913-bandabalimentícia, guarda e responsabilidade, reconhecimento de paternidade e maternidade, e a regulamentação de visitas. Para ser atendido, o interessado deve apresentar comprovante de renda de no máximo três salários mínimos mensais. Também é necessário levar documentos pessoais originais, como CPF, certidão de nascimento e casamento, além do comprovante de residência.

Outros serviços

Os participantes ainda podem fazer cadastro para o cartão transporte, carteira de trabalho, para utilizar o Armazém da Família, para a Fundação de Ação Social (FAS) e inscrição no cadastro da Cohab.

O Justiça no Bairro é promovido pelo Poder Judiciário, sob a coordenação da desembargadora Joeci Machado de Camargo, em conjunto com a Prefeitura de Curitiba. Até o final do ano haverá mais duas edições do projeto: na Regional CIC (19 de outubro) e Regional Bairro Novo (30 de novembro), em locais ainda a serem definidos.