Fotos: Juliano cunha/Banda B
Eles morreram na hora e não foram identificadas oficialmente no local

Um grave acidente registrado no quilômetro 5 da PR-423, em Araucária, região metropolitana de Curitiba, matou um casal no início da noite desta quarta-feira (15). O veículo das vítimas se chocou de frente contra uma carreta. Eles morreram na hora e não foram identificados oficialmente no local.

De acordo com o motorista da carreta, ele seguia sentido o município de Araucária quando o veículo do casal, um Fiat Strada, que seguia no sentido contrário, jogou, de repente, o carro contra o caminhão sem motivo. “Eu estava vindo normal, de repente ele jogou o carro dele na minha mão, bem em cima. Não deu tempo de nada. Eu fui atrás de extintor para apagar o fogo”, contou José Arildo.

Houve princípio de incêndio logo após o acidente

Logo após a colisão, houve um princípio de incêndio que mobilizou várias equipes do Corpo de Bombeiros, além dos socorristas que confirmaram a morte do casal. O tenente Alencar, em entrevista à Banda B, disse que a colisão foi violenta. “A informação inicial é que as vítimas estavam presas dentro do veículo, mas logo viram que o casal estava em óbito. A colisão foi muito forte. Como tinha princípio de incêndio também tomamos as providências para evitar uma explosão”, explicou.

No local do acidente, conhecidos das vítimas disseram que o homem era um professor, com o nome de Jefferson, estava com problemas de depressão e seria morador do bairro Jardim Industrial, em Araucária. A mulher foi identificada apenas pelo primeiro nome como sendo Nilza, esposa dele. Ainda, segundo populares, ela seria mãe de três filhos. Um laudo sobre o acidente deve ser elaborado pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE), em parceria com o Instituto de Criminalística do Estado.