Da PRF

luxoaltavelocidade

Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou na última sexta-feira (5) vários carros de luxo transitando acima da velocidade máxima permitida na BR-376 em Guaratuba (PR), na região da Serra do Mar, próximo à divisa com Santa Catarina. Durante três horas de fiscalização, 290 veículos foram flagrados pela PRF acima da velocidade de 80 km/h estabelecida para o local.

Entre os veículos que tiveram as imagens de suas placas capturadas estão modelos de luxo Ferrari 458, Chevrolet Corvette, Mercedes Benz AMG GT, Porsche e Audi R6 Avant, entre outros. Esses veículos haviam participado de um evento em um shopping de Curitiba e se deslocavam até Florianópolis (SC).

Um dos carros de luxo foi flagrado pelos radares operados pelos policiais rodoviários federais a 166 km/h –mais do que o dobro da velocidade máxima. A multa para quem transita em velocidade superior à máxima em mais de 50% é de R$ 574, com uma penalidade adicional de suspensão imediata do direito de dirigir.

Na madrugada de sábado (6), três dos veículos de luxo que participavam do mesmo evento se envolveram em um acidente em Balneário Camboriú (SC).

O vídeo do acidente foi publicado em redes sociais. Nas imagens, é possível visualizar o motorista de um Mercedes AMG GT, que sai de uma garagem, acelera e, na sequência, perde o controle, batendo em outros dois carros de luxo estacionados na rua. Não houve feridos.

Outro lado

A Banda B entrou em contato com a organização, que informou que não compactua com o desrespeito às leis de trânsito. A reportagem foi informada ainda que eram mais de trezentos veículos participantes do evento, sendo que apenas cinco motoristas acabaram ultrapassando a velocidade. A organização informou ainda que todos os motoristas são donos dos próprios carros e que existe toda uma preocupação com a segurança. Como os carros são muitos potentes, as vezes acabam ultrapassando a velocidade, sendo que a responsabilidade é inteiramente do condutor. A assessoria informou ainda que o acidente no Balneário Camboriú foi o único incidente do evento, sendo uma pequena perda de controle, e o condutor já assumiu a responsabilidade. “Cada um é dono do próprio carro e da sua habilitação. Todos assinam um termo de responsabilidade com a organização”, informou Diego Castellari, da assessoria de imprensa.