Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha

acidenteht07092013dentro

Celta ficou destruído (Foto: Juliano Cunha – Banda B)

Um grave acidente de trânsito causado por um suposto racha terminou com a morte de Yasmin Tainá da Silva, de 18 anos, no início da manhã deste sábado (7) na via rápida sentido bairro em frente ao Hospital do Trabalhador (HT), no bairro Novo Mundo, em Curitiba. Outros três jovens ficaram gravemente feridos e foram levados ao HT, com risco de morte. O mistério é que o motorista do Celta que bateu em duas árvores e depois capotou não foi localizado. Atualização: As vítimas feridas foram identificadas como:  Cassilene Bastos, de 25 anos, Talita Francesca, de 25, e Alan.

De acordo com o subtenente Anísio, do Batalhão de Polícia de Trânsito (Bptran), não se pode cravar que aconteceu um racha. “Os indícios apontam para isto. O carro estava em altíssima velocidade até por conta de sua destruição. O que chama a atenção é que o motorista teria sido levado por outro carro que estava próximo”, contou.

ACIDENTE

No detalhe o local em que um dos bancos do carro foi parar (Foto: Juliano Cunha – Banda B)

“Estamos em contato com hospitais para saber se alguém com características de ferimentos por acidente de trânsito deu entrada no Pronto Socorro. A Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba investiga o caso”, completou o subtenente.

Testemunhas que viram o acidente declararam à Banda B que a cena foi de terror. “Eram quatro jovens no carro, um homem e uma mulher ficaram dentro dele, e outras duas jovens para fora, possivelmente ejetadas. Todos bastantes feridos e uma morta, que é a garota que estava no interior do veículo. O carro ficou destruído e foi uma cena muito chocante”, afirmou um morador da região.

As vítimas feridas seguem internadas no HT. O corpo de Yasmin foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba. Detalhe: ela faria 19 anos na semana que vem.